Coprodução

Não tenho portfólio

Eis que o expert te pede portfólio e você não tem, você está começando agora e não tem o que mostrar, de cases, resultados, de histórico.

E ai, o que fazer?

No texto de hoje, eu vou te explicar quatro pontos que você pode e deve utilizar para contornar essa situação de início de carreira.

Não minta  

Se você está em fase inicial de carreira, e mesmo que você já tivesse no mercado há muito tempo, a gente sabe que não tem sentido nenhum em mentir.

Falar que você já trabalhou, que possui experiência, que tem bons resultados, ou seja, inventar coisas que não existem não é nada legal.

Principalmente porque sabemos que a verdade sempre aparece, e apesar de saber que você pode sim ter suas dificuldades, ter uma barreira maior para ter sua primeira oportunidade. Porém, não é mentindo que você vai perfurar essa barreira.

Portanto, seja correto, ande no trilho, que eu tenho certeza que  o seu caminho vai ser muito mais próspero do que as pessoas que tentam encurtar de uma forma não muito legal.

Nível de energia e interesse 

Quando você está em fase inicial, o que geralmente acontece? Normalmente você está estudando muito, talvez você esteja em transição de carreira, ou seja, o seu nível de energia e de interesse em fazer com que dê certo, naturalmente é muito grande.

E o infoprodutor precisa dessa energia, ele precisa dessa vontade, é muito melhor um coprodutor com garra e vontade de fazer com que dê certo, que esteja em fase inicial.

Do que o um coprodutor extremamente experiente que não tem tempo, não tem vontade, já está “cansado”, não está com aquela vontade de fazer o projeto funcionar e dar certo.

Sendo assim, você precisa apresentar essa energia, essa vontade. E falando por minha própria experiência, eu sempre apresento nas reuniões essa vontade de fazer com que o projeto decole e voe alto.

Então apresente isso e deixe claro, não só em textos, mas também com iniciativa, com força na voz e vontade.

Redução de barreira de entrada

Você que está em fase inicial, não tem histórico, case, ou seja, não tem o que mostrar.

Então o infoprodutor pode ficar receoso, nesse caso você tem duas opções que são: trabalhar 100% no variável  ou até mesmo entrar de graça.

Isso reduz muito a sua barreira de entrada , porque o expert está percebendo que você quer muito entrar e fazer aquele projeto dar certo. E não simplesmente com foco somente no dinheiro.

Plano de ação

Apresente o seu plano de ação, ou seja, mostre o passo a passo, o objetivo de faturamento, geração de leads, como vai ser trabalhada a base, como vai ser feito o CPL, e assim por diante.

É sempre importante lembrar que nessa fase inicial, o que eu defendo é: você está em fase de aprendizado!

Ou seja, você está adquirindo experiência e entrando no jogo. Você não está em fase de ganhar muito dinheiro, de resolver a sua vida nos primeiros projetos, a gente sabe que não é bem assim.

Por mais que ás vezes é vendido isso, sabemos muito bem que na realidade não é assim que funciona.

A fase inicial é para você amarrar a chuteira e dar os primeiros passos, e não marcar já dezenas de gols.

Mestres da Coprodução

Aproveito para te fazer um convite, conheça o projeto Mestres da Coprodução, a comunidade e curso on-line que está formando coprodutores profissionais. Clique no link https://mestresdacoproducao.com.br/inscricao-encerrada/ e cadastre-se gratuitamente para conhecer mais!

E lembrem-se, os amadores NUNCA sobrevivem!

Postagens relacionadas
Coprodução

Distribuição de investimentos: coprodutor e infoprodutor

Coprodução

Formate seu serviço

Coprodução

O caminho para ser um coprodutor de sucesso

Coprodução

Os riscos de ser um profissional commodity

Inscreva em nossa Newsletter e fique sempre informado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *